935 333 777 | info@ligiasilva.com

Sentir, consequência!

“Se estou a receber isto é porque mereço, devo ter feito algo de muito mau!”
 
Hmmm…
 
Se recebesse um pastel de nata por cada vez que me dizem isto, já tinha aberto uma pastelaria  das boas!!!
 

Existe no coletivo esta ideia muito enraizada: se recebemos algo de menos bom da vida é porque fizemos algo de muito errado, nesta ou outra vida. Alguns chamam Karma, outros chamam consequências, outros chamam lei da atracão. Ação, consequência. Comportamento, consequência.
 
Eu acredito no: sentir, consequência! Sentir, resultados! Todas as emoções que produzimos estão a ser comunicadas como se de um belo rádio se tratasse, as emoções genuínas, aquelas que não conseguimos esconder com os sorrisos falsos ou com as frases bonitas, aquelas que sabemos que estão lá, e que durante a noite tentamos fugir delas. Aquelas que aparecem como pipocas nos momentos de silêncio. São essas emoções genuínas que estamos constantemente a emitir. São essas que ajudam a trazer para a nossa vida, coisas boas e coisas menos boas. Mesmo que numa outra vida tenha sido responsável pela morte de uma mosca, existe uma grande probabilidade de que aquilo que eu estou a viver neste momento ser uma consequência do que sinto. Claro que depois temos outras situações que são exceções, mas hoje não vamos falar delas.
 
Por isso se o meu merecimento está relacionado com aquilo que estou a receber da vida, o bom e o menos bom, o que estou verdadeiramente a sentir? Culpa, vergonha, pena, medo, entusiasmo, alegria, amor?
 
Se existe a necessidade de mudar algo no exterior, começa por fazer esta pergunta a ti:

O que estou realmente a sentir? 

Responde em verdade. E permite que a vida te guie para mudares essa emoção.
 
Um beijinho enorme e até já!

Lígia Silva, Coach e terapeuta!

www.ligiasilva.com

You May Also Like

Leave a Reply