935 333 777 | info@ligiasilva.com

Reconhecer o nosso valor!

No último sábado, tive oportunidade de falar para um grupo de pessoas muito bonito sobre Merecimento. Esta variável teve ao longo da minha vida um impacto imenso, continua a ter. Ao merecimento está também associado o sentimento de não merecimento. E este acompanhou-me, e por vezes ainda me acompanha em vários momentos da minha vida.

Na minha perspetiva merecimento está relacionado com o nosso valor, com a nossa capacidade de nos sentirmos dignos de receber, com a nossa capacidade de sentir e de valorizar quem somos. Na nossa sociedade merecimento é associado a sofrimento, a falta de valor e de valorização. Temos que ser diferentes (mais sofridos, mais pobres, mais inteligentes, mais comunicativos, mais boas pessoas, etc) para nos sentirmos dignos de receber. Temos de fazer sempre mais, para nos sentirmos dignos de receber: descanso, amor, alegria ou simplesmente as bênçãos da vida. Desconfiamos quando recebemos amor, coisas boas. Mas não desconfiamos quando recebemos traição, perdas, ou falta de respeito. Passamos achar isso o verdadeiro.

Muitas das pessoas que encontro no meu dia-a-dia, não se sentem merecedoras de receberem aquilo que querem, seja uma relação mais saudável, seja estabilidade financeira, seja mais energia, seja mais paz.

Temos barreiras internas que nos impossibilitam de recebermos aquilo que queremos.

E por isso quando pergunto:

Acreditas que mereces ter isso?

Claro sim.

Então porque não o tens?

Existe uma grande diferença entre repetir 100 vezes que acredito que mereço, e realmente sentir essa possibilidade. Enquanto continuar a esconder a dúvida que existe em mim, enquanto a estiver a ignorar, só estou a aumentar o gap entre aquilo que eu quero e aquilo que eu verdadeiramente acredito que mereço.

Por isso o mais fácil para mim seria agora dizer-te: Acredita!

De nada serve.

Então digo-te olha para a dúvida de frente, não tenhas medo de enfrentar a parte tua que te diz que não mereces algo, que não vais ser capaz, que não és como os outros, que isto não é para ti. Essa parte tua apenas persiste porque tu não a enfrentas, porque a ignoras à espera que ela desapareça. Essa parte tua precisa da tua atenção, do teu amor, precisa de ser vista em verdade, e em autenticidade. Porque é essa dúvida, que tantas vezes não permite que as coisas que tu queres aconteçam na tua vida. O medo é apenas uma consequência, das dúvidas internas que sentimos. Olha para ele de frente, com amor e acima de tudo com compaixão. Ele está aí para te dizer qual a parte tua que precisa do teu cuidado, e não para te afastar do que tu queres.

Se sentires que te posso ajudar, agenda aqui a tua consulta online ou presencial.

Um beijo enorme e até já!

Lígia Silva, Life Coach e terapeuta. www.ligiasilva.com

You May Also Like

Leave a Reply